Pages

Subscribe:

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Alunos e expositores destacam importância do Vale-Livro no 14º Salimp

Alunas beneficiadas fazendo uso dos vales-livros


Iniciada no último sábado (26), em Imperatriz, a 14ª edição do Salão do Livro de Imperatriz – SALIMP movimenta diariamente milhares de pessoas de toda a Região Tocantina. Considerado o maior evento literário do estado, o Salimp reúne para divulgação de seus trabalhos, escritores, artistas plásticos, músicos, editoras de todos os estados, visando apresentação e comercialização, além de incentivar as novas gerações a mergulhar no mundo da literatura e da arte.

Este ano, 10 mil alunos das redes municipais e estaduais de ensino estão sendo beneficiados com vales-livros, no valor de R$ 20 reais cada, para a compra de livros e títulos de sua preferência nos estandes do evento. O programa é possível graças ao governo do estado, através de emenda parlamentar no valor de R$ 200 mil reais, destinada pelo deputado estadual Professor Marco Aurélio (PCdoB) à secretaria estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação.

“Ano passado tivemos a enorme satisfação poder proporcionar esta alegria para milhares de crianças, dando a elas a oportunidade de adquirir livros e materiais, como forma de incentivo à leitura. Nada mais justo que ampliar e levar essa oportunidade para ainda mais jovens. Este ano dobrei o valor destinado em relação a 2015 e percebemos a satisfação nos olhares de cada um dos jovens beneficiados ". Afirmou Marco Aurélio.

Manoel Valdefran é aluno do 2º ano do ensino médio, da escola Francisco Fiim, em Governador Edison Lobão e foi um dos beneficiados com o programa. Ele aprovou a ideia e sugeriu que fosse ampliada nos próximos anos. “O vale-livro é uma proposta muito boa, que estimula de forma significativa todos os jovens a criar o hábito pela leitura. Espero que a iniciativa cresça e possa atingir ainda mais jovens nos próximos anos.” Destacou o aluno.

Luciane Melo - Escritora
Escritores de outros estados também parabenizam o projeto. A escritora e expositora Luciane Melo veio de Brasília e destacou o caráter pioneiro do projeto. “Trata-se de uma ideia maravilhosa que deveria servir de exemplo para o Brasil inteiro nas demais feiras ao redor do país. Há poucos dias estive na Bienal do livro de Brasília e não havia nada nesse sentido. Existem várias medidas que até valorizam os professores, mas nada voltado para os alunos. Por isso parabenizo o deputado Marco Aurélio e o governo do estado pela iniciativa, porque nosso país só vai ser melhor com a leitura.” Afirmou a escritora.

Thays Rodrigues - Expositora
Além de beneficiar os alunos, o projeto ajuda a movimentar as vendas com a injeção de R$ 200 mil reais no mercado local. Thays Rodrigues é expositora e parabeniza o deputado pela iniciativa, ressaltando também o caráter econômico do vale-livro. “Além da importância do programa para todos os jovens beneficiados no aspecto cultural, temos que levar em conta a movimentação para a economia na cidade, uma vez que vários expositores e artistas locais estão sendo beneficiados com a venda de seus produtos e gerando renda
para toda a região.



A expectativa é que 130 mil pessoas visitem os estandes até o último dia de evento, no próximo domingo (04).
Leia Mais >>

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Escola Amaral Raposo: A construção de um sonho


Escola Amaral Raposo passa pela fase final de construção
Há décadas os moradores do Parque Alvorada I, Parque Alvorada II e Vilinha, de Imperatriz, vivenciam a falta de uma escola de ensino médio para atender aos jovens da região. Fato que tem contribuído com a evasão escolar e prejudicado diversas gerações. Ainda em seu primeiro ano de mandato, o deputado Marco Aurélio (PCdoB), esteve na região, onde tomou conhecimento da situação e se comprometeu em buscar parceria do governo estadual para a construção de uma escola no local.
Após diversos contatos com o governador Flávio Dino e com os secretários de educação e infraestrutura, Felipe Camarão e Clayton Noleto, o parlamentar se comprometeu com a destinação de R$ 998 mil reais, em emendas parlamentares, para tornar o sonho das comunidades real.

Há exatamente um ano, Professor Marco Aurélio, ao lado do prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira, lideranças políticas e comunitárias estiveram na área que seria doada  para a construção da Escola Amaral Raposo, no bairro do Parque Alvorada I. De lá para cá, a prefeitura encaminhou o projeto para doação de quase 9 mil metros quadrados para o estado, que foi aprovado por unanimidade por pela câmara de vereadores.


Para Marco Aurélio este é um momento histórico do qual ele se orgulha de fazer parte. “Alegro-me imensamente por ter participado desta conquista, pois destinei a emenda parlamentar para a construção e articulei diretamente com o governo todo esse período, acompanhando todos os passos. Agradeço imensamente ao Governador Flávio Dino, aos secretários Felipe Camarão (SEDUC) e sua equipe, Clayton Noleto (SINFRA) e sua equipe; também à prefeitura de Imperatriz e à Câmara de vereadores, pela doação do terreno. Parabenizo a toda a comunidade que receberá uma escola, o ambiente de construção de sonhos, onde parabenizo também todas as lideranças comunitárias que por anos defenderam essa causa.” Afirmou o deputado.

Após a confirmação da doação e do processo licitatório, o governador Flávio Dino assinou a ordem de serviço durante visita à Imperatriz. Hoje, cerca de seis meses após o início das obras, a escola encontra-se em fase final de construção e deve ser entregue pela SINFRA no início do mês de dezembro.


Emocionado, o deputado ressaltou a importância da obra para as comunidades beneficiadas e como a escola poderá melhorar a realidade daqueles que por lá passarão. “Tantos anos de espera, e em um ano de trabalho focado, a região do grande Parque Alvorada e Vilinha, terá escola de ensino médio, terminando o sofrimento de centenas de jovens que percorrem quilômetros todos os dias para terem acesso à educação. Não tenho dúvidas que muitas vidas serão mudadas para melhor a partir desta escola." Destacou Marco Aurélio.



Leia Mais >>

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Emenda do Deputado Marco Aurélio garante vale-livro no SALIMP para 10 mil crianças e jovens de escolas públicas

Deputado Marco Aurélio e alunos beneficiados pelo vale-livro na 13ª edição do Salimp

Este ano, milhares de alunos da rede pública municipal e estadual de Imperatriz e região serão beneficiados com vales-livros, no valor de R$20 reais cada, para aquisição de títulos de suas preferências e materiais educacionais durante a realização do 14º Salão do Livro de Imperatriz.

A iniciativa é do deputado estadual Professor Marco Aurélio (PCdoB), que participou do processo de elaboração e criação do “Vale-Livro” ainda na 13ª edição do evento. O sucesso foi tamanho, que o parlamentar optou por dobrar o recurso destinado este ano. “Ano passado tivemos a enorme satisfação poder proporcionar esta alegria para milhares de crianças, dando a elas a oportunidade de adquirir livros e materiais, como forma de incentivo à leitura. Nada mais justo que ampliar e levar essa oportunidade para ainda mais jovens. Este ano destinei emenda parlamentar de 200 mil reais que beneficiarão 10 mil alunos da rede pública de Imperatriz e região, onde alcançaremos alunos do ensino fundamental e médio". Afirmou Marco Aurélio.

O secretário de educação de Imperatriz, Zeziel Ribeiro, destacou a importância do evento para a cidade, ressaltando iniciativa do deputado em apoiar a aplicação de medidas que contribuam com seu crescimento. “O SALIMP já é parte do calendário cultural de Imperatriz, é de extrema importância que nossos jovens sejam incentivados a ler e desenvolver um senso crítico. Desde o ano passado ganhamos o formidável apoio do deputado Marco Aurélio para a realização e ampliação do SALIMP. Esperamos que o evento seja um sucesso e que possamos continuar crescendo nas próximas edições. ” Afirmou o secretário.

Realizado pela Academia Imperatrizense de Letras (AIL), o SALIMP, que é considerado o maior evento literário do Maranhão, terá como tema principal a importância da água. O presidente da AIL ressaltou a importância da parceria do deputado Marco Aurélio para a realização do evento, principalmente através da garantia do Vale-Livro. “Tivemos, desde o início, o apoio do nosso amigo deputado Marco Aurélio que tem sido um importante parceiro do SALIMP, desde a organização até a articulação com o governo do estado e as secretarias estaduais. O Vale-Livro é uma conquista dos nossos jovens que não seria possível sem esse apoio do nosso deputado. ” Destacou Luis Carlos Porto.

A gestora da Unidade Regional de Educação – URE Imperatriz, Profª. Drª Orleane Santana, considera de fundamental importância o projeto do “Vale-Livro” pelo incentivo à leitura proporcionado pelo mesmo. " Trata-se de uma oportunidade ímpar e que só é possível por que contamos com o apoio de um deputado e um governador que são professores e conhecem a realidade da educação no nosso estado. Por isso, parabenizo os esforços de ambos por caminharem juntos na criação desse projeto.” Pontuou a gestora.

A emenda parlamentar para a implantação do Vale-Livro foi viabilizada via Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, por meio do Programa CredCiência. Para o secretário da pasta, Jhonatan Almada trata-se de uma poderosa ferramenta de estímulo à leitura e a construção do conhecimento pela aquisição de livros. “Tal iniciativa demonstra a sensibilidade rara do deputado à causa do acesso ao conhecimento e o estímulo à leitura. Essa é a segunda edição do nosso Programa e pela primeira vez fazemos em Imperatriz e dentro de um evento consagrado como o SALIMP. ” Afirmou o secretário.

Marco Aurélio agradeceu os apoios do governo do estado, da Academia Imperatrizense de Letras, da secretaria estadual de Ciência e Tecnologia e todos os envolvidos na realização do evento e concretização do Vale-Livro. "Fico imensamente feliz em ver o fortalecimento da ação inclusiva do Vale-livro. Oportunizar nossas crianças e jovens, estimulando-as ao hábito da leitura e busca do conhecimento, é fundamental. Agradeço imensamente ao Governador Flávio Dino, à Secretaria de Ciência e Tecnologia, à Academia Imperatrizense de Letras e a todos os parceiros que construíram essa ideia conosco. Parabenizo todos que participarão sendo beneficiados com os vales-livros e tenho certeza que será um estímulo à viagem que só a leitura proporciona." 

A 14ª edição do Salimp acontece entre os dias 26 de Novembro e 4 de Dezembro, no Centro de Convenções de Imperatriz.
Leia Mais >>

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Comissão Parlamentar analisa impactos da Usina de Estreito no Rio Tocantins



Os deputados estaduais Marco Aurélio (PCdoB), Valéria Macedo (PDT) e Adriano Sarney (PV), membros da Comissão Especial da Assembleia Legislativa, visitaram, na manhã desta quinta-feira (10), as instalações da Usina Hidrelétrica de Estreito (UHE) para verificar e discutir os impactos da Usina Hidrelétrica Estreito no Rio Tocantins.

A comissão foi formada através de requerimento de autoria do deputado Marco Aurélio e foi reforçada com as presenças do secretário estadual do Meio Ambiente, Marcelo Coelho; o prefeito de Estreito, Cícero Neco; a representante do Comitê da Cidadania de Imperatriz, Maria das Graças Carvalho de Sousa, pesquisadores de universidades Expedito Barroso, Geovanny Negreiros, Carlos Leen, Roberto Peres; dos representantes do poder executivo de Imperatriz, Francisco das Chagas(Defesa Civil) e Thereza Cristina (Sec Municipal de meio ambiente);  do conselho de meio ambiente da OAB, Cláudio dos Santos; de peritos da polícia civil especialistas na pauta ambiental; vereadores de Imperatriz, Estreito e Carolina; de representante da força tarefa pelo rio Tocantins, Fabiano Pinto e da fundação rio Tocantins, Domingos César.

Os visitantes foram recebidos por técnicos do Consórcio Estreito Energia (Ceste) e do ONS - Operador Nacional de Sistema Elétrico, que é responsável pela coordenação e controle da operação da geração e transmissão de energia elétrica, em que foram apresentados dados sobre funcionamento da usina hidrelétrica e fluxo da água. Os integrantes da comissão e convidados por horas questionaram os técnicos sobre os impactos que o rio tem sofrido.

Outros alertas também foram feitos. Supressão de mata nativa pela criação do lago, a ação de dragueiras, igarapés entupidos, a poluição das nascentes e a questão do licenciamento ambiental foram algumas delas.

O Ceste justificou que todos os usuários da água ocasionam impacto, tanto à vazão quanto o nível da água. "Esgoto utiliza, irrigação, saneamento, indústria. Na usina a fio d'água o impacto é mínimo. Não interfere no curso do rio", argumentou Luiz Guilherme do grupo Ceste.

Encaminhamentos

Autor da proposta que originou a comissão, o deputado Marco Aurélio requereu, como forma de encaminhamento,  que os técnicos da hidrelétrica preparassem um relatório contendo todas as licenças, e dados relativos ao fluxo, onde a comissão fará estudo com os órgãos representados e continuará esforços junto à Agência Nacional de Águas e IBAMA, que são os órgãos reguladores do empreendimento. O consórcio de Estreito se comprometeu em enviar o relatório completo em poucos dias. 

Representando o governo do Estado, o secretário do Meio Ambiente, Marcelo Coelho, informou que está conversando com o secretário do meio ambiente do Tocantins e outros estados para viabilizar a criação do Comitê da bacia Hidrográfica do Tocantins.

Ele anunciou também que a SEMA está elaborando o Plano Estadual de Educação Ambiental. "A fiscalização dos empreendimentos nos rios é feita pelo IBAMA, mas estamos fazendo com relação a educação e fiscalização", disse Marcelo Coelho.

Marco Aurélio avalia de suma importância o trabalho da comissão: "Hoje a comissão fez um importante trabalho no sentido de buscar informações técnicas para dar respostas à população acerca das causas dos impactos que nosso rio Tocantins tem sofrido referente à seca. Hoje só foi o primeiro passo. A partir de agora, teremos encaminhamentos e continuaremos ampliando as parcerias de defesa e proteção em busca do equilíbrio para nosso rio. Agradecemos a participação de todos que estão nos ajudando nessa busca de respostas e soluções."
Leia Mais >>

quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Deputados realizam visita à Usina de Estreito para avaliar impactos no Rio Tocantins

Usina Hidrelétrica de Estreito

Acontece na manhã desta quinta-feira (10), a visita da comissão especial parlamentar, proposta pelo deputado estadual Professor Marco Aurélio (PCdoB), à Usina Hidrelétrica de Estreito. A visita tem o objetivo avaliar os níveis de vazão de água do empreendimento, além de estudar medidas colaborativas que possam amenizar os impactos da estiagem no Rio Tocantins e toda a Região.

Além de Marco Aurélio, a comissão é composta dos deputados Antônio Pereira, Léo Cunha, Valéria Macedo e Adriano Sarney, o prefeito de Estreito, Cicero Neco, o secretário do meio ambiente do estado, Marcelo Coelho, o promotor do meio ambiente Dr. Jadilson, representantes de segmentos ligados ao meio ambiente e membros da sociedade civil organizada.


O parlamentar reforçou a necessidade da união de todos os segmentos em defesa da preservação do Rio. “Não podemos delegar toda a responsabilidade pela seca no rio à falta de chuvas. Diversos outros fatores também são responsáveis por essa situação. Devemos unir esforços e buscar maneiras de evitar que o rio seja ainda mais prejudicado, falamos da fonte de vida de milhares de famílias ribeirinhas.” Afirmou. 
Leia Mais >>

quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Relator do projeto, deputado Marco Aurélio comemora aprovação da UEMASUL na assembleia legislativa


Em clima de discussões fervorosas, os deputados estaduais aprovaram por unanimidade, na manhã desta quarta-feira (26), o projeto de lei de autoria do governo do estado, que institui a criação da Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão – UEMASUL. O projeto foi encaminhado à casa para apreciação dos deputados há cerca de um mês, mas vinha sofrendo resistência por parte de vários deputados, que inclusive obstruíram sua votação em diversas oportunidades.

Relator e um dos principais defensores do projeto, o deputado Professor Marco Aurélio (PCdoB), requereu que a votação recebesse o caráter emergencial por entender sua importância. “ Entendemos a preocupação de alguns deputados, porém sabemos que não se trata de um processo simples, mas sim, temos um projeto que requer tempo para a implantação da comissão de transição e instalação, por isso o caráter de urgência foi fundamental, onde os trâmites e prazos existentes a fim de que a UEMASUL tenha condições de atender nossa região a partir de 1 de janeiro de 2017.” Informou o parlamentar.

Em pronunciamento, Marco Aurélio destacou ainda que a discussão sobre autonomia para os campi da Universidade Estadual do Maranhão na Região Tocantina é de longa data e que professores e alunos são os principais prejudicados com o distanciamento institucional com a reitoria. “O corporativismo vem impedindo o crescimento da UEMA em nossa região. Não temos nenhum curso de mestrado, ou doutorado, por exemplo, não temos curso de medicina, à exemplo da UEMA de Caxias, e com a criação da UEMASUL teremos a oportunidade de lutar pela melhoria dos cursos da região, bem como a criação de novos cursos e fortalecer a extensão, de acordo com as vocações de nossa região, mas o mais importante, teremos uma reitoria presente, disposta a lutar pelo fortalecimento da educação em nossos municípios e a nossa autonomia orçamentária. ” Declarou.

No momento mais quente das discussões, um deputado, ex-reitor da Universidade Estadual do Maranhão, questionou que a nova estrutura da UEMASUL poderia não ter “estrutura intelectual” para tocar e adquirir recursos junto aos órgãos competentes. Afirmação rapidamente questionada pelo deputado Marco Aurélio, que afirmou que os méritos pelas conquistas alcançadas pela UEMA da região até hoje devem ser direcionados aos alunos e professores que contribuíram e contribuem para seu funcionamento. “Se alguém construiu a UEMA da Região Tocantina não foi reitoria nenhuma, e sim os professores e alunos colocaram toda sua capacidade intelectual e luta  à disposição da universidade, esses são os verdadeiros responsáveis. ” Enfatizou o deputado.

Marco Aurélio solicitou que a votação do projeto foi realizada de forma nominal, como forma e evidenciar como cada um dos parlamentares votaria, evitando que algum parlamentar pudesse se valer do anonimato para votar contra o projeto. Ao final, mesmo com ressalvas o projeto foi aprovado por unanimidade.

A lei será sancionada pelo governador Flávio Dino, no próximo dia 1 de novembro, em solenidade realizada no campus da Uema em Imperatriz, em seguida será instituída a  comissão de transição e instalação, que será composta por três representantes do poder executivo, sendo dois obrigatoriamente professores universitários, um representante da administração da Universidade Estadual do Maranhão, um professor da UEMA que tenha exercício em um dos municípios que passarão à competência territorial da UEMASUL e um dos alunos da UEMA que estude em um dos municípios que passarão à competência territorial da UEMASUL.


A aprovação foi amplamente comemorada por centenas de alunos e professores que acompanhavam a sessão nas instalações da UEMA de Imperatriz em apoio à criação da UEMASUL. Eles encontravam-se no prédio desde ontem, quando ocuparam de maneira pacifica após realizar manifestações de apoio nas ruas da cidade.
Leia Mais >>

terça-feira, 25 de outubro de 2016

Deputado Marco Aurélio reforça luta pela criação da UEMASUL na Região Tocantina

Deputado Marco Aurélio recebe alunos da UEMA no plenário da Assembleia Legislativa

O deputado estadual Professor Marco Aurélio (PCdoB) tem sido um dos grandes defensores do projeto de criação da Universidade Estadual da Região Tocantina – UEMASUL, proposta de autoria do governador Flávio Dino que visa criar uma nova universidade na Região Tocantina, a partir dos campi da UEMA presentes na região. Medida que dará autonomia e possibilitará maior crescimento para o ensino superior em toda a região.

O projeto foi encaminhado à assembleia legislativa no último mês de setembro e desde então, Marco Aurélio tem buscado o apoio dos deputados estaduais para que o projeto seja aprovado o quanto antes. “Entramos com um requerimento solicitando que o projeto fosse votado em regime de urgência, o objetivo é que o projeto seja aprovado logo, para que a equipe de transição e implantação tenha tempo de organizar todos os procedimentos para a criação da UEMASUL, a partir de 1 de janeiro de 2017 e possa atender os alunos da nossa região com a maior qualidade possível. ” Afirmou o parlamentar.

Apesar da importância do tema, alguns parlamentares tentaram obstruir a votação do requerimento de urgência e se manifestando contrários à aprovação do projeto de lei. A demora levou centenas de estudantes às ruas de Imperatriz na manhã desta terça-feira (25), manifestando apoio à criação da nova universidade. Segundo eles, uma nova universidade com autonomia financeira, administrativa, disciplinar e pedagógica daria um salto na qualidade do ensino em toda a região, o que contribuiria consideravelmente com o desenvolvimento local.

Além de objetivar o desenvolvimento de acordo com a vocação produtiva da região, o projeto de lei garante autonomia administrativa à nova Universidade. De acordo com o texto enviado à assembleia, todos os bens imóveis e móveis atualmente pertencentes à Universidade Estadual do Maranhão (Uema) na região passam a fazer parte do patrimônio da UEMASUL e serão aplicados de acordo com as especificidades da localidade. O projeto especifica ainda que a lista de municípios que será atendida pela nova universidade será fixada em decreto posterior à aprovação da lei.

Marco Aurélio agradeceu o esforço do governador em valorizar o ensino superior na região. “A partir da criação de uma unidade administrativa, teremos a descentralização da universidade, o que dará autonomia à região, possibilitando assim o melhor desenvolvimento de suas atividades.” Destacou o parlamentar, completando que a criação da UEMASUL, com a devida condição orçamentária, ajudará a melhorar as condições dos cursos já existentes e a adição de novos cursos na região.

O requerimento de urgência foi aprovado durante a sessão plenária desta terça-feira (25) e a matéria já seria votada, quando foi feito pedido de vistas por 24 h. Amanhã a matéria será votada e os deputados da base do governador Flávio Dino estão confiantes na aprovação. Marco Aurélio é vice-líder do governo na Assembleia e tem sido um dos principais articuladores para aprovação do projeto na casa de leis.

Ex-aluno do curso de matemática no campus da UEMA em Imperatriz, o próprio Marco Aurélio contribuiu com R$ 1 milhão de reais, em emendas parlamentares, para aquisição de livros, computadores e melhoria da infraestrutura do campus de Imperatriz. “Como filho da Universidade Estadual do Maranhão, como uma pessoa que teve todas as oportunidades de crescimento profissional, de fortalecimento de uma compreensão e amadurecimento pessoal graças à universidade, eu entrava na UEMA há quase vinte anos com muitos sonhos, filho de uma costureira, adentrava a universidade com o objetivo de ser professor. A UEMA me proporcionou todas as possibilidades de inclusão social, de acreditar que a educação me faria vencer. É por isso que destaco o fortalecimento da UEMA em nossa região, com a nova estrutura administrativa da UEMASUL, pois terá condições de contribuir com o crescimento desta instituição e com o futuro de tantos jovens que por lá alicerçarão seus caminhos.” Concluiu.
Leia Mais >>