Vereador Marco Aurélio reforça luta do movimento “Fora VBL” - Dep. Professor Marco Aurélio

8/08/2013

Vereador Marco Aurélio reforça luta do movimento “Fora VBL”


O grupo esteve no começo da semana em São Luís; mobilização foi realizada em frente ao Tribunal de Justiça e na Assembleia Legislativa do Maranhão

Imperatriz – O vereador Marco Aurélio (PCdoB) destacou nessa quinta-feira (8) na tribuna “Freitas Filho” que esteve no começo dessa semana, acompanhado dos vereadores Carlos Hermes (PCdoB) e Rildo Amaral (PDT), grupo de estudantes secundaristas e universitários, e profissionais liberais reforçar o “movimento que luta pela substituição da empresa VBL, que opera a maioria das linhas do transporte público em Imperatriz”.

Ele argumenta que esse tem sido um grande clamor do usuário do transporte público em Imperatriz, pois entende que esse mais que um desejo: é uma necessidade do povo que precisa ser respeitada. “Nós, nestes dois dias em São Luís, fizemos algumas iniciativas, em decorrência da distância geográfica e institucional do centro das decisões políticas do Estado”, disse.
Marco Aurélio assinalou que o “o grito do povo imperatrizense” não chegava à capital maranhense, sendo necessária essa mobilização da sociedade para sensibilizar os deputados estaduais e desembargadores do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJ-MA).  O julgamento dos recursos da ação civil pública está previsto para o próximo dia 14.  “E nesta semana antes, buscamos sensibilizá-los”, reitera.
Na Assembléia Legislativa, o vereador disse que o grupo foi bem recebido pelos deputados estaduais que resolveram, durante o grande expediente, pautar o tema “transporte coletivo – fora VBL” no plenário da Casa Legislativa do Maranhão. Na ocasião, também foi lido o manifesto que clama pela quebra da concessão da empresa VBL com o município de Imperatriz. “Nós também tivemos uma audiência com o presidente da Assembleia Legislativa e com a comissão de transportes e obras da Assembleia Legislativa”, disse.
Ele contou que o grupo mostrou, detalhadamente, o descaso do setor de transporte público de Imperatriz, a maior cidade do Maranhão. “É um desrespeito, pois a empresa não dispõe de veículos novos e muito menos cumpre os horários dos itinerários, causando prejuízos à comunidade que chega a passar mais de duas horas nas paradas aguardando por um ônibus”, lamenta.

Marco Aurélio sustenta é que “necessário manter essa ‘luta viva’, pois o Tribunal de Justiça ainda irá julgar na próxima semana esses recursos em desfavor da empresa Viação Branca do Leste LTDA.”.
Assessoria de Comunicação

Nenhum comentário:

Postar um comentário