Pular para o conteúdo principal

Deputado Marco Aurélio reúne coordenadores do DCE da UFMA pela bonificação no ENEM



Dando continuidade ao cronograma de discussões sobre a implantação da Bonificação nas notas do Enem para estudantes oriundos de escolas do Maranhão, o deputado estadual Professor Marco Aurélio (PCdoB), reuniu com a direção do Diretório Central dos Estudantes da UFMA - DCE, em São Luís, para buscar apoio à causa.

Na ocasião, o parlamentar explanou sobre a Bonificação e como ela já é realidade em outras Universidades Federais do país (Reveja Aqui). " Nosso objetivo é tentar corrigir o grave problema que se instalou em nosso estado desde a adoção do Enem como porta de entrada para a UFMA, em 2009. Ocorre que, desde então, grande parte das vagas nos cursos mais concorridos da universidade tem sido ocupadas por alunos de outros estados, que acabam usando a UFMA como trampolim para outras universidades. Geralmente, logo após o primeiro período eles acabam conseguindo transferência para seus estados de origem, deixando aqui as vagas ociosas. Aqueles que concluem o curso aqui, dificilmente fixam residência e, consequentemente, não ajudam a melhorar a realidade da saúde local, o que ocorre mais frequentemente no curso de medicina da UFMA", destacou o deputado.

Acontece que os cursos de medicina das cidades de Imperatriz e Pinheiro foram criados como a terceira etapa do "programa Mais Médicos", com o objetivo de fixar médicos nos municípios e ajudar a melhorar a qualidade da saúde nos seus estados e com a migração dos profissionais, acaba não cumprindo seu objetivo principal. Somente em Imperatriz, no último mês, mais 15 alunos de medicina, já conseguiram transferência para outras universidades. Esta exclusão tem motivado a luta pela bonificação de 20% às notas do Enem para estudantes oriundos de escolas do Maranhão, a exemplo de outras universidades que adotam o sistema como política afirmativa, reforçando as chances de ingresso dos estudantes de seus estados. 

O DCE possui representatividade no Conselho Universitário da UFMA - CONSUN, que é quem delibera sobre as decisões tomadas na Universidade, e seus representantes se colocaram a disposição da causa, se comprometendo ainda a encorpar a luta pela disseminação e aprovação da causa.

A coordenadora geral do DCE, Josy Gomes, propôs que a discussão fosse levada às demais entidades com representatividade na universidade. "Esta é uma pauta muito positiva e que contará com nosso total apoio, não podemos apenas concordar com a proposição, mas buscar formas e apoios para que ela seja aprovada. Nosso papel enquanto representante dos estudantes é de pensar além do que está acontecendo hoje na universidade, mas pensar no seu futuro e de como a UFMA pode ajudar a melhorar a realidade de seus estudantes e o do Maranhão." declarou.

Para o deputado, a agenda da bonificação é irreversível e inadiável. "Nos próximos dias avançaremos com reuniões com outros setores que também têm sua representação no conselho. O processo inicia na Câmara de Graduação e em seguida irá à deliberação do Conselho Superior da Universidade Federal do Maranhão. Uma vez aprovado, teremos a bonificação já no Sisu 2018." ressaltou Marco Aurélio.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

HISTÓRIA E GEOGRAFIA DO TOCANTINS(CONCURSOS E VESTIBULARES)

HISTÓRIA DO TOCANTINS PROFESSOR: ALESSANDRO GORGULHO
1) DESBRAVAMENTO E POVOAMENTO DA REGIÃO
A partir das Grandes Navegações, iniciadas no século XV, começa a constituição de impérios coloniais na América. Os portugueses, pioneiros no processo das navegações, acabaram por garantir para seus domínios parte das novas terras descobertas através da assinatura, em 1494, do Tratado de Tordesilhas, onde dividiu com a Espanha não apenas as terras americanas, mas todo o mundo a ser ainda descoberto. O tipo de colonização aqui implantado atendia aos interesses mercantilistas da época, ou seja, cabia à colônia ser fornecedora de riquezas para sua metrópole através da exploração dos recursos naturais coloniais, tais como madeiras, especiarias, ouro e pedras preciosas, além de ser uma área de comércio restrito (Pacto Colonial). Além da exploração econômica, cabe ressaltar a questão da catequese. A exploração se dava em nome do lucro e de Deus. Foram os franceses quem descobriram o rio Tocantins ao encont…

Simulado TEOREMA - Técnico de Enfermagem.

SIMULADÃO
1-O técnico de enfermagem deve ter conhecimento do Sistema Único de Saúde e das leis que orientam as políticas de saúde do nosso país. Fazem parte da lei Orgânica de Saúde n°8080/90, de 19 de setembro de 1990, os seguintes princípios de assistência à saúde:
a) Universalidade, sociabilidade e equidade. b) Universalidade, igualdade e sustentabilidade. c) Integralidade, universalidade e igualdade. d) Integralidade, igualdade e generalidade. e) Igualdade, popularidade e interdisciplinaridade
2-Sr. A.P.O. vai se submetido a uma cirurgia de LOBOMECTOMIA. Para estes fins, o paciente hospitalizado é colocado em posição de Decúbito Lateral, qual a função dessa cirurgia. a) Retirada do baço. b) Retirada do ovário. c) Retirada do Rim. d) Retirada de um lado do pulmão. e) Retirada de um pedaço da orelha
3- A Sra. A.C.R. retorna do centro cirúrgico após submeter-se a remoção das trompas. Esse procedimento cirúrgico recebe a seguinte denominação:
a) quadrantectomia. b) colecistectomia. c) nefrectomia. d) …

SIMULADO DA PM MARANHÃO 2012

CURSO TEOREMA
SIMULADÃO DE GEOGRAFIA DO BRASIL 1. (FCC) A urbanização no Brasil vem sendo acompanhada por alguns fenômenos, tais como, por exemplo, a especulação imobiliária, déficit habitacional, elevada taxa de desemprego urbano, grande número de empregos informais nas cidades acompanhados de baixos salários. Nesse contexto, a conjunção desses fenômenos tem sido responsável A) pela equidade do atendimento médico-hospitalar. B) pela mitigação da pobreza denominada intraurbana. C) pelo crescimento das periferias nas grandes cidades. D) pela transferência da população do campo para a cidade.
2. (CESPE) A atual estrutura do espaço urbano brasileiro apresenta uma rede urbana diferenciada quanto à distribuição no território nacional. São causas dessa diferenciação: (A) a industrialização do Sudeste e a modernização da agricultura na Região Centro-Oeste. (B) a desmetropolização de São Paulo e a industrialização da Região Centro-Oeste. (C) a internacionalização da Amazônia e a criação de novas un…