Pular para o conteúdo principal

Deputado Professor Marco Aurélio participa de audiência pública pela implantação da Uemasul em Amarante



Aconteceu nessa quinta-feira (31) uma audiência pública em Amarante que discutiu a instalação de um campus da Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão (Uemasul) no município. O deputado estadual Professor Marco Aurélio (PCdoB) participou do grande ato realizado pela Câmara de Vereadores do município, juntamente com a prefeitura, articulada com lideranças dos municípios de Sítio Novo, Buritirana, Montes Altos e Senador La Rocque.

A reivindicação é a implantação do polo e em seguida de um campus, para oferecer a educação superior a estes municípios. A Uemasul, nesse momento, passa por um processo de credenciamento junto ao Conselho Estadual de Educação. Nos próximos meses, ao ser aprovado no conselho, a Universidade poderá se expandir, como já está previsto para um campus em Estreito, em que o prédio já está sendo concluído, na parceria com a prefeitura do município.

A estudante da rede pública estadual, Sthefanny Brito, explica que os alunos param de estudar assim que concluem o ensino médio por não terem perspectiva de ensino superior e relata também que muitos não têm condições de se manterem em outra cidade, mesmo os que ganham bolsa. “Nós acreditamos nesse sonho, a gente quer a Uemasul!”, exclama a estudante.

O Deputado Marco Aurélio informou que esteve em reunião com o governador Flávio Dino, a reitoria da Uemasul, Elizabeth Fernandes e Expedito Barroso, além do secretário de Ciência e tecnologia, Davi Telles. Na oportunidade reivindicou ao governador que tão logo seja enviado à Assembleia Legislativa o projeto de lei criando o campus de Estreito, já seja preparado o projeto criando o campus de Amarante, para que possamos juntos, em ampla parceria buscar as condições para sua implantação e o governador fez compromisso e já agora antes do final do ano já deve ir o projeto de lei criando o campus aqui na cidade” destacou o professor Marco Aurélio.

A reitora da Uemasul, Elizabeth Fernandes, informou que o primeiro passo "já foi dado” fala em relação à pró-atividade do município em se organizar para esta audiência pública e garantiu que Amarante terá sim a presença da Universidade, de forma gradativa. O deputado Professor Marco Aurélio, em sua fala, garantiu ainda que destinará emenda parlamentar no valor de R$ 500 mil, além do deputado Bira do Pindaré, que também destinará 500 mil para a construção do campus, o que já será um importante apoio. A partir de agora, serão dados encaminhamentos junto ao governo do estado e Marco Aurélio garantiu que estará acompanhando e estimulando ações para que esse sonho se concretize. 

Outros Benefícios

O deputado aproveitou para informar a população ali presente, que as reivindicações ouvidas por ele no último sábado (26) quando esteve visitando a zona rural de Amarante, na região das Alvoradas, a exemplo do policiamento nas comunidades e a instalação de um poço na Serra Pelada, já serão atendidas pelo governador Flávio Dino nos próximos dias, uma vez que já chegará ao município uma viatura modelo Ranger e o poço que findará o sofrimento da comunidade Serra Pelada já foi autorizado através do orçamento referente ao edital do governo do estado que a prefeitura participou. 

Após a audiência o professor Marco Aurélio reuniu com o promotor Eduardo André e os presidentes das associações das comunidades da região das Alvoradas para discutir uma ação civil pública para que as empresas de telefonia possam instalar esse serviço na região, atendendo uma necessidade urgente da população.

O promotor disse que já existe uma ação civil aberta em 2012, porém, a passos lentos. O deputado professor Marco Aurélio juntará forças para que se tenha a garantia desse direito da população, com a ajuda de alguns deputados federais, junto à Anatel e as operadoras. 

Presentes

Participaram da audiência pública em Amarante o prefeito de Buritirana, Wagtonio Brandão (PSDB), o vice-prefeito de Senador La Rocque, Rinaldo da Quejeira (PCdoB), a prefeita de Amarante, Joice Marinho (PDT), o deputado estadual, Bira do Pindaré (PSB) a gestora da Unidade Regional de Educação de Imperatriz, Orleane Santana, representando o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, o secretário de Ciência e Tecnologia, Davi Telles. Os vereadores dos municípios de Buritirana, Amarante, Sítio Novo e Montes Altos também se fizeram presentes.






Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

HISTÓRIA E GEOGRAFIA DO TOCANTINS(CONCURSOS E VESTIBULARES)

HISTÓRIA DO TOCANTINS PROFESSOR: ALESSANDRO GORGULHO
1) DESBRAVAMENTO E POVOAMENTO DA REGIÃO
A partir das Grandes Navegações, iniciadas no século XV, começa a constituição de impérios coloniais na América. Os portugueses, pioneiros no processo das navegações, acabaram por garantir para seus domínios parte das novas terras descobertas através da assinatura, em 1494, do Tratado de Tordesilhas, onde dividiu com a Espanha não apenas as terras americanas, mas todo o mundo a ser ainda descoberto. O tipo de colonização aqui implantado atendia aos interesses mercantilistas da época, ou seja, cabia à colônia ser fornecedora de riquezas para sua metrópole através da exploração dos recursos naturais coloniais, tais como madeiras, especiarias, ouro e pedras preciosas, além de ser uma área de comércio restrito (Pacto Colonial). Além da exploração econômica, cabe ressaltar a questão da catequese. A exploração se dava em nome do lucro e de Deus. Foram os franceses quem descobriram o rio Tocantins ao encont…

Comissão especial proposta pelo deputado Marco Aurélio irá analisar impactos da Hidrelétrica de Estreito para seca no Rio Tocantins

Em discurso realizado na manhã desta quarta-feira (05), o deputado estadual Professor Marco Aurélio (PCdoB), destacou o grave problema da seca que tem impactado seriamente o nível do Rio Tocantins ao longo de seu percurso “maranhense”. Segundo maior rio completamente brasileiro, o Rio Tocantins possui uma enorme importância para o desenvolvimento dos municípios pelos quais passa (Goiás, Tocantins, Maranhão e Pará.). Ocupando uma área de 803.205 km², é a maior bacia hidrográfica inteiramente brasileira, além da terceira do Brasil em potencial hidrelétrico.
O deputado destacou a maior seca enfrentada pelo Rio Tocantins, afirmando que parte do problema é causado pelo impacto ambiental das instalações de usinas hidrelétricas ao longo de seu percurso. “É certo que estamos enfrentando os efeitos graves da estiagem e do El Niño, mas nada tem impactado tanto nosso Rio como as usinas hidrelétricas. Por conta da contenção da água do rio para a geração de energia elétrica, o curso do rio tem sofr…

Simulado TEOREMA - Técnico de Enfermagem.

SIMULADÃO
1-O técnico de enfermagem deve ter conhecimento do Sistema Único de Saúde e das leis que orientam as políticas de saúde do nosso país. Fazem parte da lei Orgânica de Saúde n°8080/90, de 19 de setembro de 1990, os seguintes princípios de assistência à saúde:
a) Universalidade, sociabilidade e equidade. b) Universalidade, igualdade e sustentabilidade. c) Integralidade, universalidade e igualdade. d) Integralidade, igualdade e generalidade. e) Igualdade, popularidade e interdisciplinaridade
2-Sr. A.P.O. vai se submetido a uma cirurgia de LOBOMECTOMIA. Para estes fins, o paciente hospitalizado é colocado em posição de Decúbito Lateral, qual a função dessa cirurgia. a) Retirada do baço. b) Retirada do ovário. c) Retirada do Rim. d) Retirada de um lado do pulmão. e) Retirada de um pedaço da orelha
3- A Sra. A.C.R. retorna do centro cirúrgico após submeter-se a remoção das trompas. Esse procedimento cirúrgico recebe a seguinte denominação:
a) quadrantectomia. b) colecistectomia. c) nefrectomia. d) …